O que fazer em Bonito/MS? Os 20 Melhores Passeios e Atrações da Região

Bonito, em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, é um dos destinos mais conhecidos no Brasil e até no exterior. Afinal, é um lugar que atrai diversos turistas que possuem um único problema: decidir o que fazer em Bonito entre as inúmeras atividades.

De fato, um dos principais destinos para os amantes do ecoturismo, Bonito é um destino turístico que não deixa nada a desejar. Assim, é um pequeno pedaço do Paraíso na Terra, uma imersão no que há de mais belo na Natureza.

E com tantas opções de lugares e passeios em Bonito, como a flutuação no Rio da Prata ou a famosa Gruta do Lago Azul, existe toda uma infraestrutura turística montada.

Portanto, o objetivo é oferecer o contato com a natureza aos visitantes e manter o ambiente controlado, com a mínima interferência humana em todo o ecossistema existente.

Quem precisa relaxar, respirar ar puro e até se reconectar com o mundo, deve conhecer Bonito. Como o próprio nome já diz, é um lugar lindo, onde só se entende a grandeza quem conhece e sente o que te rodeia, vale a pena.

Neste artigo você saberá tudo sobre Bonito/MS, o que é necessário preparar antes da viagem e como organizar seu tempo para aproveitar o máximo que puder.

Leia e confira como mergulhar de cabeça nessa joia brasileira, à qual você pode chegar via transporte público, carro ou avião (Aeroporto de Campo Grande e Aeroporto Regional de Bonito ficam próximos).

O que fazer em Bonito? Principais pontos turísticos e dicas de passeios em Bonito, no Mato Grosso do Sul

Já comprou sua passagem aérea? Então, chegou a hora de conhecer o que se pode fazer em Bonito.

Bonito é uma cidade localizada a 300 km de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, que abrange atrações importantes de outros municípios também, como Jardim e Bodoquena.

Você tem grutas, cachoeiras, balneários, águas cristalinas, mergulhos, por exemplo, e diversas outras opções de passeio. Por isso a importância em escolher e decidir, antes de viajar, o que deseja fazer, para não perder tempo escolhendo durante a viagem.

E o mais interessante é que, dependendo do local escolhido, você poderá ter experiências diferentes com o mesmo passeio. Por exemplo, a flutuação do Rio da Prata pode ser diferente da flutuação da Nascente Azul.

Aqui, portanto, você saberá sobre os passeios, como funcionam e os melhores lugares para tirar o máximo do passeio e desfrutar das maravilhas da região. Confira tudo isso e muito mais.

1. Flutuações, uma das primeiras atrações em Bonito / MS

Flutuação em Bonito é um dos passeios mais procurados na região. Flutuação é diferente de mergulho, aqui você ficará o tempo todo boiando na superfície, com coletes salva vidas e roupa de neoprene específica para o passeio.

Dessa forma, antes do passeio, o guia passará as informações essenciais. Não é permitido movimentos bruscos para não espantar os peixes e nem levantar sedimentos do fundo. A ideia é manter a água cristalina e não perturbar a fauna local.

Como falado acima, cada lugar oferece uma experiência diferente. Em alguns lugares você poderá curtir um passeio de barco e aproveitar a vista. Mas, em outros, você soltará seu espírito aventureiro e desbravará uma trilha até chegar ao seu destino, etc.

E uma coisa que é comum a todos os lugares: a água sempre será cristalina, no nível em que o Rio Sucuri é considerado o terceiro mais cristalino do mundo. Já se pode imaginar o que te espera.

O que poderá mudar é a tonalidade da água. Assim, em alguns pontos poderá ser verde esmeralda, como em Rio Formoso, em outros poderá ter um azul profundo, como em Lagoa Misteriosa.

O importante é encontrar passeios que mais se adaptem ao seu perfil, para que tudo seja aproveitado com o máximo de sucesso, seja em uma viagem mais longa ou em um bate volta.

Os lugares que permitem flutuação em Bonito são:

  • Nascente Azul;
  • Lagoa Misteriosa;
  • Abismo Anhumas;
  • Rio Formoso;
  • Rio da Prata;
  • Barra do Rio Sucuri;
  • Aquário Natural.

Vamos conhecer alguns deles a seguir!

Flutuação em Nascente Azul

Nascente Azul é a mais curta das flutuações em Bonito, mas também a mais apropriada para crianças.

Além disso, por ser curta e quase sem correnteza, os viajantes podem se aventurar dentro dela sem colete salva vidas e usar uma corda para alcançar uma fenda em uma área profunda do rio.

O cenário é exuberante e ainda dá para conhecer o balneário da fazenda com o valor da entrada na Nascente Azul.

Parque Ecológico Rio Formoso

Um dos passeios em Bonito mais divertidos é o do Parque Ecológico do Rio Formoso. Afinal, o local oferece diferentes passeios para ninguém ficar parado.

Tem o passeio de boia cross, que garante muitas quedas e diversão; o mergulho com cilindro; o passeio de caiaque e stand-up, por exemplo. Além disso, fazer trilha e ainda cavalgar para conhecer os animais nativos e a vegetação do lugar.

Rio da Prata

A flutuação Rio da Prata te oferece águas cristalinas e uma variedade de lindas espécies de peixes. Em alguns trechos você ainda experimenta uma pequena adrenalina, por causa de uma leve corredeira.

Além disso, você encontrará uma área em que a água brota de dentro do Rio, uma curiosidade que atrai muitas pessoas. Todo o trajeto da flutuação, dentro do Rio, dura 1 hora e meia e percorre 2 km.

Portanto, é impossível não se apaixonar pela flutuação no rio da Prata. Os valores do ingresso ficam em torno de R$ 266 a R$ 320 reais.

Rio Sucuri

Através da flutuação na Nascente do Rio Sucuri você conhece, de perto, a fauna e a flora do lugar enquanto flutua na imensidão de águas maravilhosas. Uma visibilidade incomparável.

Muitas pessoas escolhem as mais famosas, mas voltam para conhecer todas as outras, porque cada uma tem um diferencial.

Se no Rio da Prata você encontra uma grande diversidade de peixes, na flutuação no Rio Sucuri você aproveita a diversidade da vegetação aquática. E ainda sai com a sensação incrível de ter aproveitado a terceira água mais cristalina do mundo.

Os valores variam entre R$ 184 e R$ 249 reais.

Aquário Natural

A flutuação no Aquário Natural é mais um dos passeios considerado imperdível em Bonito. Aqui você encontra muitos peixes, uma vasta vegetação aquática e um cenário que deixa o ambiente muito parecido com um aquário gigante.

O Aquário Natural fica na Rodovia Bonito / Guia Lopes da Laguna e oferece a flutuação mais recomendada para os pequenos e turistas que não sabem nadar, por não ter perigos naturais e águas tranquilas.

Caso queira aproveitar o passeio, mas não deseja entrar na água, o lugar tem disponíveis barcos que te ajudam a aproveitar o momento. Os valores variam entre R$ 103 e R$ 280 reais.

2. Grutas

Sendo realista, para se conhecer o mínimo de Bonito é ideal que você consiga visitar um lugar com propostas diferentes. Um balneário, um Rio, uma cachoeira, etc.

Assim, coloque na sua lista conhecer uma gruta em Bonito, será uma experiência fantástica e fenomenal. Aqui, não se envolve tanta ação, mas sim contemplação do poder da Natureza em construir algo.

Essas grutas ou cavernas são formadas por processos, que ocorrem durante milhares de anos, em grandes pedras de calcário que abrem espaços e, aos poucos, criam lagos particulares e formações únicas.

Um verdadeiro espetáculo natural. Confira abaixo as duas grutas em Bonito para visitar.

Grutas de São Miguel

Nas grutas de São Miguel você encontrará o poder da formação do calcário.

Durante os anos, o calcário foi criando, por meio de diversos processos de transformação, as estalagmites (provenientes do chão) e as estalactites (pendentes do teto da gruta).

Dessa forma, o cenário é incrível, no melhor estilo cinematográfico. E o passeio é perfeito tanto nos dias de sol quanto nos de chuva. O passeio é bem proveitoso, com 2 horas de duração, incluindo o tempo de espera, vídeo explicativo e a exploração na caverna.

A nossa dica é evitar carregar bolsas e usar calçado que tenha solado de borracha, para você não escorregar lá dentro.

O valor do passeio varia de R$ 52 a R$ 67 reais.

Gruta do Lago Azul

O diferencial desta gruta é a proibição da área. Na gruta do Lago Azul você encontra um lago extremamente azulado e encantador, deixando no ar a vontade de um mergulho no local.

Para entender a proibição da Gruta do Lago Azul, deve-se voltar no tempo. Em 1992, uma expedição fez um mergulho no Lago e encontrou centenas de fósseis de animais extintos, o que transformou o lugar em um sítio arqueológico.

Para chegar ao Lago, você desce um total de 150 m, da superfície ao subsolo, e a temperatura na gruta é 20 °C constante. O Lago Azul tem 120 m de extensão total e sua profundidade permanece desconhecida, com o mergulho mais fundo até hoje chegando a 87 metros de profundidade.

A Gruta do Lago Azul é um grande mistério da natureza que guarda muita história. O valor do passeio varia de R$ 64 a R$ 89 reais.

3. Mergulho

Para os apaixonados pela prática de mergulho, a cidade de Bonito oferece um grande parque de diversões para os mergulhadores. Se na superfície você encontra formações de calcário e belezas naturais, é nas profundezas da água doce que se encontram ainda mais mistérios e surpresas.

Considerado um dos melhores pontos para a prática de mergulho no Brasil, Bonito possui dois pontos muito famosos: o Abismo Anhumas e a Lagoa Misteriosa.

Pontos de grande beleza e profundidade, fica até difícil colocar em palavras tanta beleza. Esse é um dos momentos em que você precisa ir para sentir a energia do lugar.

Os mergulhos mais famosos em Bonito

Os lugares mais conhecidos para mergulho são:

  • Rio da Prata;
  • Rio Formoso.

E os mais famosos:

Abismo Anhumas

Se você não sabe o que fazer em Bonito e é um aventureiro de carteirinha, precisa conhecer o Abismo Anhumas.

Além da flutuação, que já é um espetáculo à parte, o mergulho no Abismo Anhumas é ainda melhor. A sensação é de visitar uma cidade submersa, construída por figuras abstratas, mais precisamente cones submersos.

Existem duas opções de mergulho: o que vai até 8 m e o mergulho que vai até 20 metros de profundidade. Para o último é necessário ser mergulhador certificado com, no mínimo, modalidade Open Water.

O passeio é o mais caro da região, mas, sem dúvida, o mais emocionante. Para entrar na caverna inundada, é preciso descer 72 metros de altura através de rapel.

E claro que todos os interessados recebem um treinamento um dia antes para o passeio radical em Bonito.

Para o Abismo Anhumas, o rapel com flutuação fica em torno de R$ 1.120,00 e o Rapel com mergulho em torno de R$ 1537,00.

Lagoa Misteriosa

Se a profundidade máxima, encontrada até o momento, na Gruta do Lago Azul te surpreendeu, então espere para saber mais sobre a Lagoa Misteriosa.

Pertencente ao mesmo grupo do Rio Prata, a Lagoa Misteriosa oferece aos mergulhadores maior profundidade de mergulho e uma rica vista de todo o abismo que se abre aos seus pés.

Assim, o acesso à Lagoa é feito através de uma escadaria com 185 degraus que leva até o deque, onde partem os mergulhadores para a aventura no fundo d’água. A trilha, ida e volta, mede 1100 m, já o passeio tem duração de 1 hora de 40 minutos.

As modalidades de mergulho são de 8 m, 18 m (com certificação Open Water), 25 m e 30 m (com certificação Advanced Open Water).

De fato, a maior curiosidade do lugar se dá devido a profundidade desconhecida até hoje, o mais fundo que se chegou foram 220 m e ainda não se tem noção do fim do abismo.

Para a Lagoa Misteriosa, a flutuação varia entre R$ 166 e 175,00 e o mergulho fica em torno de R$ 400,00.

4. Cachoeiras

Chegou a hora de conhecermos as gigantes quedas d’água, as famosas cachoeiras de Bonito. Pode acreditar, cachoeira é o que não falta nessa cidade e a grande maioria possui fácil acesso.

Porém, algumas vezes é preciso caminhar por uma trilha para chegar até ela. Quase todas estão liberadas para banho, possuem águas claras e com ótima visibilidade.

Além disso, você ainda tem acesso a piscinas naturais, balneários, passeio de bote e muitos outros. Confira a lista de cachoeiras imperdíveis e escolha algumas ou todas. Você não vai se arrepender.

As principais cachoeiras com vistas imperdíveis

  • Cachoeiras Porto da Ilha;
  • Parque das Cachoeiras;
  • Ceita Corê;
  • Cachoeiras Serra da Bodoquena;
  • Estância Mimosa;
  • Boca da Onça;
  • Cachoeiras Rio do Peixe.

Parque das Cachoeiras

Tem muita coisa a se fazer em Bonito, como visitar o Parque das Cachoeiras e saltar de tirolesa na água.

Junto à Estância Mimosa, elas dividem o mesmo circuito de cachoeiras, com 7 paradas para banho.

Então, caso Mimosa tenha as vagas esgotadas, dá para aproveitar o Parque das Cachoeiras, mesmo sem o charme da sua vizinha.

O passeio custa R$ 116 com duração de meio período. Não esqueça de levar roupa de banho!

Ceita Corê

Berço da nascente do rio Chapeninha, Ceita Corê (em tupi-guarani significa “terra dos meus filhos”) é uma fazenda com incríveis atrações, incluindo uma trilha que leva a 7 cachoeiras.

A 36 km de Bonito, o que fazer por lá não é segredo: é possível fazer 6 paradas para banho, saltar de tirolesa e trampolim, usar um balanço no rio e percorrer por 4 pontes suspensas.

Afinal, é  um passeio que reúne aventura e descanso em um só lugar. Portanto, se pretende fazer uma viagem para Bonito, não deixe de conhecer a Ceita Corê.

O valor do passeio custa R$ 217 e dura meio período.

Cachoeiras Serra da Bodoquena

Localizada no município de Bodoquena, as Cachoeiras Serra da Bodoquena estão a 70 km de Bonito e são a entrada para o Pantanal.

Próximas ao Parque Nacional da Serra da Bodoquena, você encontra uma imensidão de fauna e flora. As trilhas pelo local dão uma ideia da imensidão, com espécies de animais mescladas com a paisagem local.

Entretanto, é importante ressaltar que, dos 400 ha totais, 350 ha são de mata atlântica preservada e áreas em recuperação.

Estância Mimosa

Estância Mimosa conta com um circuito de cachoeiras que totalizam 2,8 km de caminhada e sete paradas para aproveitar ao máximo. Você ainda pode saltar de uma altura de 6 metros.

Você ainda aproveita um almoço de fazenda e passeios a cavalo, para completar a experiência. Os ingressos custam a partir de R$ 150 a R$ 210,00.

Boca da Onça

Se você ficar em Bonito por alguns dias, vale a pena conhecer a Boca da Onça. Trata-se de uma trilha ecológica de 4 km, que inclui uma escadaria de 800 degraus e te presenteia com a cachoeira mais alta do Mato Grosso do Sul: Boca da Onça, mesmo nome da trilha.

Essa cachoeira tem nada mais que 156 metros de altura. Além da trilha estimulante, você ainda pode subir o nível da adrenalina com uma descida de rapel pela plataforma mais alta do Brasil.

Os ingressos variam de R$ 135 a R$ 313,00.

Cachoeiras Rio do Peixe

Outro passeio interessante para quem vai ficar em Bonito por mais tempo é o passeio pelas Cachoeiras Rio do Peixe, pois elas prometem ocupar todo o seu dia.

O trajeto é dividido entre a manhã e à tarde, durante a manhã é percorrido a trilha de 2km e a tarde 800 m de caminhada.

Durante todo o passeio, são feitas paradas para banho e fotos exuberantes. Ainda se pode aproveitar os diversos pontos de trampolins e tirolesas espalhados pelo trajeto.

Os ingressos variam de R$ 172 a R$ 232,00.

5. Balneários

Para os que procuram uma experiência mais leve, sem flutuações e tanta adrenalina, com custo mais baixo, os balneários são a sua escolha.

Existem vários balneários pela cidade de Bonito e cada um oferece serviços diferenciados. Por fim, através deles você pode curtir um mergulho com peixes em águas claras do Rio denominado Formoso pelo tempo que desejar.

Não será a mesma coisa de uma flutuação ou mergulho, mas garantirá um ambiente de paz e contemplação da natureza ao redor.

Além disso, os balneários são equipados com estruturas que fornecem lanches, almoços e atividades como quadras de vôlei. Tornam-se muito procurados por estarem próximos à cidade.

Balneários em Bonito

Entre os balneários de Bonito, você encontra:

Balneário Municipal

Próximo ao centro da cidade, esse é um dos passeios mais baratos da região. Te permite mergulhar à vontade no Rio denominado Formoso e oferece estruturas de lazer para toda a família.

Isso inclui quadra de vôlei, área gramada e lanchonete. É um bom passeio para fechar a programação do dia ou da viagem para Bonito / MS.

A entrada fica entre R$ 38 e R$ 50,00.

Praia da Figueira

Um pouco mais estruturada que o Balneário Municipal, a Praia da Figueira fornece uma estrutura com espreguiçadeiras, restaurantes, etc.

Ainda tem disponível pranchas de stand up paddle, tirolesas, pedalinhos e equipamentos para flutuação.

Localiza-se próximo à Barra do Rio Sucuri e a Nascente do Rio Sucuri. Os ingressos variam de R$ 47 a R$ 77,00.

Balneário do Sol

Também possui acesso ao Rio Formoso e ainda está perto de piscinas naturais. Um ótimo local para um programa familiar, com áreas para todas as idades, como parque infantil e quadra de vôlei.

Aliás, um grande diferencial do Balneário do Sol são os famosos passeios de Búfalo, que atraem muitos turistas.

Os ingressos variam de R$ 40 a R$ 70,00.

Balneário Ilha Bonita

Local bastante arborizado, com trampolins, tirolesas e boia cross que fazem a alegria dos jovens. Também dispõe de restaurante no local.

Os ingressos variam de R$ 45 a R$ 75,00.

Outros passeios de tirar o fôlego em Bonito

Depois de tanto passeio apresentado até aqui, pode acreditar que ainda tem muito o que fazer em Bonito / MS.

Portanto, se você escolheu a cidade como seu destino de viagem, saiba que não tem como ficar parado nessa imensidão de opções. Não falta o que fazer em Bonito.

Após todos os passeios calmos e contempladores por águas cristalinas, chegou a hora de adicionar um pouco de adrenalina à sua viagem.

A partir daqui, conheça aqueles que prometem tirar o seu fôlego e testar o seu coração. Se tiver coragem, essa é a hora de se jogar.

6. Fazer Rapel em Bonito/MS

Bonito tem uma aventura para quem não tem medo de altura e tem coragem de sobra. A aventura sempre toca na adrenalina dos turistas que amam esportes radicais.

Para quem deseja fazer o Rapel, existem dois lugares disponíveis: o Abismo Anhumas e a cachoeira Boca da Onça.

Boca da Onça oferece um Rapel extremamente alto, considerado o mais alto de todo o Brasil. A vista vale a pena e a adrenalina ainda mais, esse é o mais procurado para esportes radicais.

Já quem procura visitar o Abismo Anhumas precisa saber que, para chegar ao Abismo para o mergulho, o Rapel é obrigatório. Lembra que falamos neste post sobre adentrar a caverna?

Pois bem, o Rapel é o único modo de entrar lá, uma descida de 72 metros de altura até o espelho d’água.

Com duas opções de peso dessas, fica até difícil escolher em qual das duas ir ao chegar em Bonito.

São experiências totalmente diferentes e muito gratificantes. O Rapel na Cachoeira Boca da Onça, com o circuito das cachoeiras, fica entre R$ 574 e R$ 664,00.

7. Curtir o arvorismo no Hotel Cabanas

Outra atividade para quem ama viver nas alturas é o Arvorismo. Para quem deseja a atividade, deve-se dirigir até o Hotel Cabanas.

O Hotel possui um circuito de aventura que pode também ser oferecido para pessoas que não estão hospedadas no local. Para quem está hospedado, vale destacar também que o café da manhã é incrível.

Voltando ao arvorismo, o circuito conta, ao todo, com 300 m de extensão e 15 metros de altura. O trajeto é uma combinação do arvorismo com obstáculos e duas tirolesas, com uma delas desembocando no Rio Formoso.

O Hotel Cabanas é conhecido por ser um dos mais divertidos de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Com tantos passeios ao ar livre, você ainda conta com diversões próximas da cidade e doses puras de adrenalina. Atividades que incluem toda a família.

Os valores ficam em torno de R$ 96 a R$ 118,00.

8. Pilotar um quadriciclo

Chegou a hora de unir adrenalina e velocidade. A ideia perfeita para essa combinação são os passeios de quadriciclo.

Eles podem ser feitos em quadriciclos individuais ou em dupla, mas o indicado é que a pessoa que nunca fez o passeio divida o quadriciclo com alguém que já conheça como pilotá-lo.

Lembre-se que você estará pilotando um veículo em uma estrada de terra, não é o mesmo que um carro (alugado ou próprio) na estrada. Segurança em primeiro lugar.

Geralmente, os passeios são em trilhas com obstáculos e duram, em média, uma hora ao todo. Em Bonito você tem duas escolhas de trilha para o passeio: Rota Zagaia e Trilha Boiadeira.

Portanto, caso você tenha adrenalina correndo nas veias, literalmente, então vai preferir o segundo passeio. Ele é mais radical e ainda tem a versão do passeio noturno, a adrenalina vai nas alturas.

Mas se você não sabe onde ficar em Bonito e quer unir diversão e hospedagem, pode optar pelo Zagaia Eco Resort, onde tem a rota Zagaia de quadriciclo.

9. Curtir os passeios no Eco Park Porto da Ilha

No Ecopark Porto da Ilha você aproveita um passeio de bote inflável e arrisca-se na correnteza e quedas d’água do Rio Formoso.

O Eco Park não se limita apenas ao passeio de bote, mas também a diversas outras atividades, como o boia cross, duck (caiaque inflável) e stand-up paddle.

Há também passeios de barco a motor para aquelas pessoas com receio de atravessar o rio e encarar correntezas. Mas não vá achando que todos os passeios listados aqui são radicais.

Eles possuem adrenalina, mas ainda são passeios em Bonito para a grande maioria das pessoas.

Os valores variam de R$ 57 a R$ 150,00, entre os mais variados passeios.

10. Passear no bóia cross, bote e Stand Up Paddle

Por último, mas não menos importante, temos nossa última aventura recheada de adrenalina, com toques de calmaria em algumas partes.

Nós já mencionamos esses passeios, mas vamos destacá-los um pouco mais, porque são muito divertidos.

Boia Cross é um passeio no qual você deita em uma boia e deixa a correnteza e quedas d’água te levar. Tem coisa melhor que deslizar pelas águas sem nenhuma preocupação? Essa é a proposta do passeio de bóia cross.

Você passeia de bote com quedas livres e controlando tudo contra a força da água. Pode até não ser exatamente um rafting, mas é bom demais! E depois ainda tem um passeio calmo, lotado de equilíbrio, no Stand Up Paddle.

Todos esses passeios podem ser aproveitados em alguns lugares, que oferecem entre as diversas outras atividades listadas aqui.

Caso deseje aproveitá-los, você os encontra no Hotel Cabanas, no Parque Ecológico Rio Formoso e no Eco Park Porto da Ilha, como já mencionado neste post.

11. Admirar o Buraco das Araras

O passeio para o Buraco das Araras é mais contemplativo. Você percorrerá uma distância de 970 metros em uma formação geológica, onde se encontram mirantes para paradas de turistas.

No centro da formação, encontra-se uma linda lagoa esverdeada, que abriga diversos animais como jacarés, tatus e mais de 150 espécies de aves. Um lindo santuário preservado. Lugar para renovar as energias.

12. Andar de bicicleta pelas trilhas em Bonito / MS

Para quem curte andar de bike, a dica é percorrer a Trilha da Boiadeira por 9 km. A emoção não é menor que o passeio de quadriciclo, porque além do visual bonito, há diversos obstáculos para superar, como pedras e erosões.

Além dessa trilha, há também o passeio pela rota da Gruta São Mateus, onde há um museu dentro da gruta.

Em seguida, não deixe de curtir a Trilha Ybirá Pe, um caminho de 18 km com descidas, subidas e obstáculos, que valem muito a pena enfrentar para chegar nos três decks de água cristalina.

Por fim, a Trilha do Sinhozinho, o mais extenso das rotas de bike, com as mesmas variações e obstáculos da trilha anterior. O legal é que além do contexto histórico, há uma capela do Sinhozinho para visitar.

13. Comer um lanche na Praça da Liberdade

Sabe o que fazer em Bonito na primavera? Curtir e saborear a comida na Praça da Liberdade, enquanto admira o verde e o ambiente florido entre setembro e outubro.

A praça fica em frente à escultura de 8 metros de duas Piraputangas, um dos pontos turísticos de Bonito. Repleta de bares, lanchonetes, restaurantes e sorveterias, fica só na vontade de comer quem quer!

O lugar é realmente muito bonito a qualquer hora do dia e mesmo fora da estação mais florida. Mas se você ama a primavera e estava em dúvida de fazer uma viagem para Bonito, não tenha mais!

A Praça da Liberdade é perfeita para descansar após uma lista de passeios do dia, e você ainda aproveita para tirar algumas fotos.

14. Conhecer a fábrica de cerâmica Udu

Para os adeptos da conservação ambiental e responsabilidade social, vale fazer uma visita ao atelier de cerâmica artesanal chamado Udu.

O nome é uma homenagem à ave nativa da região: Udu-de-coroa-azul. A fábrica é totalmente voltada ao trabalho com cerâmica de forma sustentável, desde a água (captada das chuvas) até as embalagens e insumos, produzidos com material reciclado.

A visita é gratuita e fica aberta de 8 hs às 18 hs, de segunda à sexta, e de 8 hs às 13 hs, aos sábados.

O atelier fica no centro de Bonito / MS a 150 km da Pastelaria da Jana.

15. Tirar foto com uma cobra no Projeto Jibóia

Já imaginou pagar para ficar cara a cara com uma serpente no seu pescoço? Pois essa é a proposta para os corajosos que procuram o que fazer em Bonito / MS de tão radical.

Primeiro, os viajantes assistem a uma palestra instrutiva que visa tirar da cabeça a ideia de que as cobras são perigosas. Segundo eles, elas só atacam sob ameaça. Será?

Bom, na dúvida, muita gente que visita o Projeto Jibóia encara o desafio de tirar fotos com uma jibóia dependurada no pescoço. E acredite! Muita gente que viaja para essa região, sabe exatamente o que fazer em Bonito / MS e onde ir: posar com a cobra.

O custo é de R$35 por pessoa e dura em média de 2 a 3 horas.

16. Conhecer animais silvestres na Fazenda San Francisco, um pedacinho de Pantanal em Bonito / MS

Depois de encarar uma cobra, certamente você vai se animar para ver de perto outros animais em um maravilhoso safári pela manhã, na Fazenda San Francisco.

Carcarás, jacarés, sucuris, capivaras, por exemplo – esses são apenas alguns animais que vão aparecer no safári fotográfico. Aproveite para tirar fotos de todos!

Depois do almoço, é hora de curtir um passeio de chalana, com direito a pesca de piranha.

Em Bonito, é muito comum a carne de jacaré no caldo de piranha, são as atrações principais dos melhores restaurantes de Bonito.

Caso você pense em fazer um roteiro de 7 dias ou mais, dá para incluir a Fazenda San Francisco na lista sobre o que fazer em Bonito / MS. Isso porque, você vai precisar de tempo para conferir esse e demais passeios na região.

O custo do passeio é de R$238 para adultos e R$165 para crianças de 4 a 11 anos.

17. Descansar no Refúgio da Barra

Cansou de tanta aventura em Bonito e quer descansar? A região é propícia para um momento de paz e harmonia, conectadas à natureza tão vasta e acolhedora. É hora, portanto, de conferir o Refúgio da Barra.

Com dois decks disponíveis, o passeio reserva ainda um parque infantil e um restaurante com deliciosas comidas regionais e uma carta de bebidas que deve agradar muita gente.

O espaço também conta com acessibilidade, o que indica um refúgio agradável, sem sombras de dúvida.

Além disso, é possível fazer flutuações entre os decks e chegar bem perto dos peixes e plantas subaquáticas.

Já para quem continua com a aventura na cabeça, pode optar por um passeio de stand-up, que te leva a 600 metros de um trecho de água cristalina do Rio Formoso.

Viu como é impossível não ter o que fazer em Bonito / MS?

O que não pode deixar de fazer em Bonito?

Falar o que não pode deixar de fazer em Bonito é uma missão quase impossível, porque tudo é necessário. Todos os passeios e atividades te oferecem experiências únicas, até a mesma atividade pode te dar uma outra visão se feita em lugares diferentes.

O ideal, para quem vai pela primeira vez, é escolher no mínimo uma cachoeira, uma gruta e uma flutuação. Esses são os três principais passeios que vão te dar uma visão maravilhosa de todo o bioma do local.

Caso você tenha tempo e condições financeiras, procure o máximo de passeios possível. Vivencie as cachoeiras, as grutas mais profundas, conheça as trilhas e aventure-se nos mergulhos.

Conheça as fazendas e a culinária local e desfrute da calmaria do ambiente que te rodeia.

O que fazer em Bonito à noite? Opções não faltam na cidade

Se há muita coisa a fazer em Bonito / MS durante o dia, porque não à noite?

A vida noturna na cidade situada na capital do Mato Grosso do Sul tem seus encantos e é perfeita para dar aquela esticadinha após tantas aventuras pela região.

Mas isso significa que não tem aventura noturna? Nada disso! Veja as nossas opções sobre o que fazer em Bonito após o pôr do sol.

18. Recanto do Peão, para dar uma cavalgada noturna

Para os viajantes que queiram conhecer os costumes dos peões nos campos da região pantaneira, vale participar da Cavalgada Recanto do Peão.

O passeio sai em comitiva, mas não fica somente na cavalgada, não. Logo depois tem roda de viola sertaneja raíz e arroz carreteiro tradicional do estado.

É uma rica experiência cultural que mostra a vida pantaneira em Bonito.

19. Aquário de Bonito

Um programão para crianças e adultos! Se os pequenos ainda não estiverem habituados com os peixinhos, dá para conhecer o Aquário de Bonito antes de fazer a flutuação no rio Sucuri, Rio da Prata, ou em outras localidades.

O local abriga mais de 3 mil espécies de peixes que também habitam Bonito e Pantanal.

20. Casa da Memória Raída

A história de Bonito em um único lugar. A Casa da Memória Raída é o museu de contação de história sobre costumes e cultura no centro de Bonito.

Há fotos, contos, personagens importantes, curiosidades e a cultura alimentar, com espaço dedicado para você conferir os produtos locais.

21. Casa do Vidro

Como já vimos, Bonito é uma cidade do ecoturismo que preserva a fauna e a flora e aposta em uma cultura sustentável. A Casa de Vidro, por exemplo, prova que é possível aliar a preservação do meio ambiente com bom retorno financeiro.

O projeto sustentável reaproveita o vidro e envia os produtos (copos, luminárias, e o que mais a criatividade permitir) para outras regiões do Brasil.

Esses são alguns passeios noturnos para quem não sabe o que fazer em Bonito.

Mas, além deles, há também o Projeto Jibóia, o passeio de bike e o de quadriciclo na Trilha Boiadeira. Todos esses já citamos e é possível conferir à noite também.

Preciso de agências de turismo?

Com certeza você vai precisar de uma agência de turismo. Nenhum passeio em Bonito é simplesmente chegar e entrar no local. Todos eles são comercializados por agências que possuem um preço tabelado em todos os serviços.

Escolha a agência, entre em contato por telefone ou e mail e reserve os passeios com antecedência.

Todas elas possuem um sistema integrado para reserva dos passeios, pois os lugares têm certas regras quanto a quantidade de pessoas visitando diariamente, com o intuito de manter a conservação ambiental do lugar.

Nesse caso, é imprescindível que você deixe tudo preparado, para que não perca o passeio por não ter vagas disponíveis e isso pode facilmente acontecer, já que a procura pelo lugar é altíssima.

As agências de Turismo Crisval Tur e Bonitour são umas das mais recomendadas por quem já experimentou os passeios.

Conheça um pedaço do Paraíso na Terra!

Bonito é um mundo do ecoturismo, um parque de diversões feito pela Natureza e que temos a honra de conhecer. Além de ter uma história que remonta a séculos atrás, a Natureza transformou o entorno em um santuário e uma maravilhosa obra de arte.

Assim, como vimos até aqui, quem escolher esse destino terá muito o que fazer em Bonito. Passeios e atividades não irão faltar, você ainda terá a oportunidade de conhecer cavernas criadas pela Natureza e que guardam segredos de muito tempo atrás. Lugares desconhecidos, mistérios inimagináveis.

Se você tiver a oportunidade de conhecer tudo em apenas uma viagem, então aproveite cada momento, pois a experiência é única em cada lugar. Porém, caso não tenha essa chance, então volte mais vezes, por Bonito vale a pena voltar.

Por último, de Bonito não se enjoa; por Bonito se apaixona.